O Cérebro sem dormir


O Centro de Controle e Prevenção de Doenças recomenda entre 7 e 9 horas de sono cada noite para adultos, mas constatou que 1 em cada 3 adultos dorme menos que isso. Em uma pesquisa de 2016 feita pela CareerBuilder com 3.200 funcionários, 1 em cada 5 disse que dorme em média 5 horas por noite ou menos.

Mas muitos de nós não temos consciência dos efeitos da privação de sono.

‚ÄúSe voc√™ dormiu menos de 7 horas na noite passada, j√° est√° com o sono um pouco deficiente. Voc√™ provavelmente vai negar, dizendo que est√° √≥timo. Mas se te coloc√°ssemos em um de nossos laborat√≥rios de sono e lhe ped√≠ssemos para realizar algumas tarefas de performance, ver√≠amos que voc√™ n√£o as realizaria t√£o bem quanto faria se estivesse bem descansado‚ÄĚ, disse a neurocientista Jeanne Duffy, professora associada da Escola Harvard de Medicina, onde trabalha na Divis√£o de Transtornos do Sono e Circadianos.

A partir do momento em que a ins√īnia vira um padr√£o, voc√™ talvez nem se d√™ conta de estar funcionando abaixo do seu potencial pleno. ‚ÄúDigamos que voc√™ dormia 8 horas por noite e, de repente, come√ßa a dormir apenas 6. Nos primeiros 2 dias voc√™ vai realmente sentir a diferen√ßa. Depois disso, voc√™ n√£o nota mais‚ÄĚ, disse Duffy, falando da priva√ß√£o cr√īnica de sono. ‚ÄúN√£o porque a priva√ß√£o de sono n√£o esteja tendo um impacto negativo, mas porque voc√™ criou um novo quadro de refer√™ncia.‚ÄĚ

Mas quando você deixa de dormir o suficiente, há consequências reais. Quando fica acordado até tarde maratonando uma série, se angustiando com seu trabalho ou cuidando de um filho, sua performance no trabalho no dia seguinte é prejudicada.

Você fica distraído
Fica ansioso
Se irrita mais facilmente
Tem menos paciência com os colegas
Corre riscos maiores

By Monica Torres, HuffPost US


MusBlog

O estudante de um instrumento musical, seja ele qual for, sabe que treinar seus dedos, seu arco, sua embocadura, sua afinação todos os dias será uma praxe.

Imaginemos ent√£o que voc√™ ter√° uma aula com seu professor numa sexta-feira e o seu fim de semana foi um sucesso com os amigos. Sabad√£o na “gandaia” e doming√£o esticou a noitada o mais que podia.
Segunda-feira não tinha nenhuma vontade ou espírito pra exercitar seu instrumento. Até estudou um pouco mas não rendeu muito. Chega a noite e acaba indo dormir tarde por causa do filme que queria assistir.
Dia seguinte (quer dizer, no mesmo dia que foi dormir) precisou acordar cedo para o compromisso assumido. Chegou em casa e foi pro instrumento, mas a concentra√ß√£o era muito pequena e acaba n√£o rendendo muita coisa ficando bem irritado com a situa√ß√£o. De noite, perde o sono e vai dormir tarde e levanta mal humorado e o dia √© eleito “o dia das bruxas” pois nada dava muito certo.
Se uma noite mal dormida j√° nos altera, imagine quatro noites pouco dormidas…

“N√≥s temos evid√™ncias extensas para mostrar que dormir cinco horas ou menos de forma constante aumenta muito o risco de graves consequ√™ncias √† sa√ļde”, diz a pesquisadora Rebecca Robbins. “O sono √© uma das coisas mais importantes que todos podemos fazer nesta noite para melhorar nossa sa√ļde, nosso humor, nosso bem-estar e nossa longevidade”.

Dica?

Discipline o hor√°rio.
Combine com você:
“- Se eu passar da meia-noite hoje, amanh√£ tenho que cair na cama √†s 23h!”
Nada nos é proibido, mas a disciplina é sábia.
Bom Sono e Bons Sonhos!